POLICIAL PENAL COLABORA COM TRABALHO DA POLÍCIA CIVIL EM FECHAMENTO DE FÁBRICA DE ENTORPECENTES

Publicado em 22 de abril de 2022 - 22:48h

A Polícia Civil do Tocantins (PC-TO) deflagrou na última quinta-feira, 21, em Ananás, a operação Tapuio, a qual resultou na apreensão de vários quilos de maconha, na prisão de dois homens por tráfico de drogas, na destruição de uma plantação e no fechamento de uma fábrica, especializada em preparar o entorpecente. 

Na oportunidade, Policiais Penais da região colaboraram com a ação, foi deflagrada depois que as investigações, da PC-TO apontaram para a existência de uma associação criminosa que estaria cultivando maconha e também efetuando o processo industrial a fim de tornar a planta apta para o consumo, em Ananás. 

Comandada pelo delegado-chefe da 18ª Delegacia, Carlos Eduardo Estela e contando com apoio da 19ª DP, de Nazaré, além de policiais militares e penais, a ação

“Por meio de um minucioso trabalho investigativo, identificamos os locais, com a ajuda de um drone, e, na tarde de ontem, inicialmente até a plantação, onde localizamos dezenas de pés de maconha, que inclusive já estavam em processo de colheita”, disse o delegado. 

Após arrancar os pés da droga, os policiais se deslocaram até um galpão, nas proximidades, onde o entorpecente era processado. No local, foram apreendidos, vários tijolos da droga, já prensada e pronta pra a comercialização, além de dezenas e munições de calibres diversos, sendo algumas intactas e uma grande quantidade já deflagrada, além de mais pés de maconha, já secos, prensas, utilizadas no preparo da drogas, além de balanças de precisão. 

No galpão, os policiais encontraram dois homens, que foram presos em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Em meio às buscas, os agentes também encontraram um adolescente de 17 anos, que também foi conduzido até sede da 18ª DP, onde foi ouvido e autuado por ato infracional análogo ao tráfico de drogas. 

Todo o entorpecente apreendido, bem como os demais objetos foram levados para a delegacia, juntamente com os dois homens. Na unidade policial, os indivíduos foram submetidos às providências legais e, em seguida, encaminhados à Cadeia Pública de Tocantinópolis, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário. 

Para o delegado Carlos Eduardo, a operação foi de extrema importância, uma vez que foi possível desarticular um grupo criminoso que agia desde o plantio até a comercialização das drogas. 

“A ação da Polícia Civil colocou um ponto final na empreitada criminosa, uma vez que os suspeitos estavam produzindo drogas a todo o vapor para abastecer Ananás e região, o que trazia insegurança para os moradores locais e também de cidades vizinhas, uma vez que a drogas é porta de entrada para a prática de outros crimes, como furtos, roubos e até homicídios”, disse a autoridade policial. 

A operação foi batizada com o nome de Tapuio, em referência a localidade, que leva esse nome, e que ficam em uma região de difícil acesso, na zona rural, a cerca de 20km de Ananás.

O Sindicato dos Policiais Penais do Tocantins, parabenizam todas as forças de Segurança envolvidas na ação, e reforça o apoio à integração das forças.
(Com informações Portal Araguaia)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

(63) 99235-3941 / 99245-8290
prosispento@gmail.com
CNPJ: 34.275.679/0001-43

Quadra 601 Sul, Conjunto 1, Lote 12, AP 01-02
Plano Diretor Sul CEP 77016-332
Palmas - TO

Copyright®2019 - 2022 - Associação dos Profissionais do Sistema Penitenciário do Tocantins.

Criado por: